pesquisar   I
News

A importância do hormônio GH

14 de dezembro de 2020

O hormônio do crescimento (GH) é um hormônio produzido e secretado pela glândula hipófise, responsável por estimular o crescimento corporal e a multiplicação celular. Trata-se de um componente essencial para os processos metabólicos de diversos tecidos – entre eles, o muscular.

 

Quais são os benefícios do GH?


Na infância, este hormônio ajuda a estimular o crescimento ósseo, muscular e de outros tecidos. Em adultos, o GH auxilia o sistema imune, participa do metabolismo da glicose, promovendo a queima de gordura e o aumentando da massa muscular.

Como otimizar a produção de GH naturalmente?

Alimentação: a ingestão de carboidratos simples, como o açúcar, podem prejudicar a produção e secreção do GH, por isso, um dos principais hábitos para otimizar a produção deste hormônio é evitar os altos picos de açúcares no sangue.

Dormir bem: ter um sono profundo e de qualidade é essencial para o aumento da produção de GH, já que, ao dormir, temos uma maior absorção e secreção deste hormônio.

Exercícios físicos: O GH também tem sua secreção aumentada durante e após a prática de exercícios, especialmente as de alta intensidade.

 

A reposição de GH – Quando é necessária?

O tratamento com reposição do GH é feito de maneira injetável (subcutânea), em casos selecionados, em que haja, comprovadamente, deficiência na produção deste hormônio.

O tratamento também pode ser indicado em caso de doenças específicas relacionadas à déficits de crescimento, insuficiência renal em crianças ou adolescentes ou ainda algumas condições genéticas.

 

Existem efeitos colaterais para a reposição?

Sim. Se a reposição de GH não for bem indicada ou não for feita de forma correta, podem haver efeitos secundários no organismo, como:

  • Retenção de líquido, podendo levar a inchaços e sensação de ganho de peso;
  • Dores nas articulações e musculares;
  • Formigamento nas extremidades;
  • Dores de cabeça, vômitos, alterações visuais, agitação, entre outros fatores.

A consulta com um endocrinologista é fundamental para saber como estão os níveis de GH do organismo e qual o tratamento mais indicado.

 

comentários

Categorias

  • Alimentação (4)
  • Cuidados (15)
  • Dicas (12)
  • Problemas (14)
  • Saúde (38)